Concurso Caixa 2021: presidente anuncia 10 mil contratações

Publicado em 20 de julho de 2021 às 13h20m
Por Professor Isaquel Silva

Caixa Econômica Federal anunciou nesta segunda-feira, 19, o total de 10 mil contratações em 2021. Dessas, 3 mil serão de aprovados no concurso de 2014, ainda vigente, e mil por meio de um novo concurso público, apenas para deficientes.

O edital do concurso Caixa Econômica Federal 2021 está programado para setembro. O anúncio foi feito pelo presidente do banco, Pedro Guimarães.

"Vamos contratar mais 10 mil pessoas. Destas, 4 mil serão novos empregados, 3 mil dependem de autorização da Sest (Secretaria de Coordenação e Governança das Empresas Estatais) e mil serão PCDs (deficientes) em um novo concurso, em setembro deste ano", anunciou o presidente da Caixa - assista aqui .

Além dos profissionais efetivos, o banco contratará 5.200 estagiários e aprendizes e 800 vigilantes e recepcionistas.

Em resposta à Folha Dirigida, a Caixa Econômica Federal confirmou a distribuição das 10 mil vagas, que fica da seguinte forma:

As admissões serão destinadas às 250 novas agências que a Caixa Econômica Federal abrirá até o fim de 2021. 

As contratações, de acordo com a Caixa, reforçam o papel da instituição como o banco com a maior presença bancária no país.

No total, são 26 mil pontos de atendimento ao cidadão por meio de sua rede de agências, unidades lotéricas, correspondentes bancários, agências-barco e agências-caminhão.

Os deficientes, para participarem do novo concurso público, precisarão ter o nível médio, já que as vagas deverão ser para técnico bancário.

A carreira tem ganhos de R$3 mil, conforme consta no site da Caixa Econômica Federal. Com as vantagens, o valor chega a R$4.486,03. O regime de contratação é o celetista. Veja os benefícios que os funcionários da Caixa têm direito:

  • Auxílio refeição/alimentação – R$ 831,16 (já somado no valor de R$4.486,03)
  • Auxílio cesta/alimentação – R$ 654,87 (já somado no valor de R$4.486,03)
  • Auxílio 13ª Cesta Alimentação – R$ 654,87 (já somado no valor de R$4.486,03)
  • Auxílio Creche/Babá – R$ 502,98
  • Possibilidade de ascensão e desenvolvimento profissional;
  • Participação nos lucros e nos resultados, nos termos da legislação pertinente e do acordo coletivo vigente;
  • Possibilidade de participação em plano de saúde e em plano de previdência complementar;
  • Possibilidade de participação em programa de elevação da escolaridade e desenvolvimento;
  • Programas de preservação da saúde, qualidade de vida e prevenção de acidentes; 
  • Contrato de trabalho regido pela CLT e, portanto, com direito a FGTS, dentre outras vantagens.

A carga de trabalho é de seis horas diárias, totalizando 30 horas semanais. Entre as principais atribuições do técnico bancário estão:

  • Prestar atendimento e fornecer as informações solicitadas pelos clientes e público;
  • Efetuar todas as atividades administrativas necessárias ao bom andamento do trabalho na Unidade;
  • Operar microcomputador, terminais e outros equipamentos existentes na Unidade;
  • Instruir, relatar e acompanhar processos administrativos e operacionais de sua Unidade;

A instituição não deu detalhes de como virá esse edital, mas a tendência é que siga os moldes da última seleção, aberta em 2014. Na época, os candidatos foram avaliados por meio de prova objetiva e redação. A banca foi o Cebraspe.

Os interessados no cargo de técnico bancário precisaram responder 120 questões sobre as seguintes áreas:

  • Conhecimentos básicos para todos os Polos:
    Língua Portuguesa;
    Matemática;
    Raciocínio Lógico;
    Atualidades;
    Ética;
    Legislação Específica.

     
  • Conhecimentos específicos (todos os Polos, exceto Tecnologia da Informação – DF, RJ e SP)
    Atendimento;
    Conhecimentos Bancários.

     
  • Conhecimentos específicos (somente para os Polos de Tecnologia da Informação – DF, RJ e SP)
    Tecnologia da Informação;
    Conhecimentos Bancários.

A objetiva, de caráter classificatório e eliminatório, valeu um total de 204 pontos. Além disso, a prova foi do tipo CERTO ou ERRADO, seguindo tradição do Cebraspe. As questões de Língua Portuguesa e Conhecimentos Específicos tiveram peso 2 na avaliação, enquanto que as outras disciplinas tiveram peso 1.

A avaliação discursiva teve uma pontuação de até 20 pontos e consistiu em uma redação de um texto dissertativo, de até 30 linhas, a respeito de temas relativos aos conhecimentos específicos.

Fonte: Folha Dirigida. 

Fale Conosco

Se você precisa de ajuda, estamos sempre prontos para lhe atender. Fale conosco através do chat que fica no canto inferior direito do nosso site. Caso prefira estamos disponíveis em outros meios listados abaixo:
Dúvidas? Acesse nossa página de perguntas frequentes.

F.A.Q. - Perguntas Frequentes