Concurso PC PE: novo edital autorizado com 400 vagas

Publicado em 01 de agosto de 2023 às 06h20m
Por Professor Isaquel Silva
EP Aprova

A governadora de Pernambuco, Raquel Lyra, anunciou a autorização do concurso PM PE. De acordo com as informações, o novo edital contemplará 400 vagas.

O anúncio se deu durante o lançamento do “Programa Juntos pela Segurança”, quando a governadora afirmou que o edital pode ser publicado em até 90 dias.

“Autorizando a abertura do concurso, nos próximos 30, 60, 90 dias, a partir da contratação da empresa, da elaboração do edital, a gente pode seguir adiante.”

Durante o lançamento do “Programa Juntos pela Segurança”, a governadora Raquel Lyra anunciou a autorização do concurso PC PE com 400 vagas.

Além disso, Lyra também informou que o edital poderá ser publicado em até 90 dias. As oportunidades serão distribuídas da seguinte maneira:

  • Agente: 250 vagas;
  • Escrivão: 150 vagas.

Saiu no Diário Oficial desta terça-feira (1), a autorização formal para um novo Concurso da Polícia Militar de Pernambuco. 

Confira trecho do Diário Oficial. 

Durante o lançamento do “Programa Juntos pela Segurança”, em julho de 2023, a governadora Raquel Lyra anunciou a autorização do concurso PM PE com 2.700 vagas.

Requisitos dos cargos do concurso Polícia Civil PE

Delegado:

  • Diploma de curso de nível superior de bacharelado em Direito;
  • Carteira Nacional de Habilitação, no mínimo, categoria B;
  • Três anos de prática jurídica ou atividade policial, comprovada no ato da posse, por intermédio de documentos e certidões.

Escrivão:

  • Diploma de curso de nível superior em qualquer área de formação;
  • Carteira Nacional de Habilitação, no mínimo, categoria B.

Agente:

  • Diploma de curso de nível superior em qualquer área de formação;
  • Carteira Nacional de Habilitação,no mínimo, categoria B.

Atribuições dos cargos

AGENTE DE POLÍCIA

  • Praticar os atos de Polícia Judiciária definidos na esfera de sua competência técnica e funcional pelo Código de Processo Penal e por outras normas que regem essa atividade, inclusive técnicas e éticas, mediante determinação da Autoridade Policial;
  • Cumprir mandados judiciais e custodiar presos;
  • Dirigir veículos policiais automotores em atividades pertinentes aos serviços policiais;
  • Operar equipamentos computacionais e de comunicação, bem como armamentos policiais;
  • Manter o sigilo necessário à elucidação dos fatos e às investigações, dentre outras determinadas pelas autoridades competentes.

DELEGADO DE POLÍCIA

Dirigir, supervisionar, coordenar, planejar, orientar, executar e controlar a administração policial civil estadual, bem como as investigações e operações policiais, além de instaurar e presidir procedimentos policiais e demais normas jurídicas pertinentes.

ESCRIVÃO DE POLÍCIA

  • Materializar os atos de Polícia Judiciária definidos na esfera de sua competência funcional pelo Código de Processo Penal e por outras normas que regem essa atividade, inclusive técnicas e éticas;
  • Assessorar, executar e controlar os trabalhos relacionados à formalização dos atos de Polícia Judiciária por determinação e orientação da Autoridade Policial a que estiver subordinado nos inquéritos policiais, sindicâncias e processos administrativos disciplinares;
  • Expedir certidões de ofício e mediante requerimento deferido pela Autoridade Policial;
  • Executar tarefas administrativas pertinentes às atividades cartorárias;
  • Responder pela guarda de bens, valores e instrumentos de crime entregues à sua custódia em razão de sua função, dando-lhes a destinação legal;
  • Proceder e manter registro atualizado das estatísticas inerentes aos trabalhos policiais do seu cargo;
  • Receber e recolher à repartição competente as importâncias ou valores relativos à fiança. Zelar pelo cumprimento dos prazos legais;
  • Proceder a outros atos de natureza tipicamente cartorária.

Remunerações

Todos os cargos ofertados possuem jornada de trabalho de 8 horas diárias ou 40 horas semanais, ressalvadas as jornadas especiais, em regime de plantão, observando a proporcionalidade limite de 1/3 (uma hora de trabalho, para três de descanso).

A remuneração foi de R$ 9.069,81 para o cargo de Delegado de Polícia e de R$ 3.276,42 para os cargos de Escrivão e Agente de Polícia.

Organizado pelo Cespe, em 2016, o último concurso PC PE trouxe a oferta de 650 vagas, distribuídas entre os cargos de Delegado, Agente e Escrivão:

  • Agente de Polícia: 500 vagas, sendo 15 reservadas para candidatos com deficiência
  • Delegado de Polícia: 100 vagas, sendo 3 reservadas para candidatos com deficiência
  • Escrivão de Polícia: 50 vagas, sendo 2 reservadas para candidatos com deficiência

A taxa de inscrição ficou fixada no valor de R$ 200,00 para o cargo de Delegado e R$ 160,00 para Agente e Escrivão.

Etapas do Concurso

O último concurso Polícia Civil PE contou com duas etapas, compostas pelas seguintes fases:

1ª etapa

  • Prova Objetiva;
  • Prova Discursiva;
  • Prova prática de Digitação (ao cargo de Escrivão de Polícia);
  • Prova de capacidade Física;
  • Avaliação Psicológica;
  • Exame Médico;
  • Investigação Criminal;
  • Avaliação de Títulos.

2ª etapa

  • Curso de Formação

O Curso de Formação foi realizado por meio do Campus de Ensino Recife (CERE), da Academia Integrada de Defesa Social (ACIDES). As provas objetivas e discursiva foram realizadas nas cidades de Recife/PE e sua região Metropolitana, Caruaru/PE, Serra Talhada/PE e Petrolina/PE.

As demais fases da primeira etapa, a segunda etapa e a perícia médica dos candidatos que se declararam com deficiência, foram realizadas na cidade de Recife/PE e sua região Metropolitana.

Provas do concurso Polícia Civil PE

Prova Objetiva e Discursiva

A prova objetiva foi julgada pelo quesito de múltipla escolha, de caráter eliminatório e classificatório. Confira abaixo a tabela:

AGENTE DE POLÍCIA ESCRIVÃO DE POLÍCIA DELEGADO DE POLÍCIA
Conhecimentos Gerais – 20 Conhecimentos Gerais – 20 Conhecimentos Específicos – 100
Conhecimentos Específicos – 40 Conhecimentos Específicos – 40  

Prova Discursiva

Para os cargos de Agente e Escrivão, a prova discursiva valeu 20 pontos e consistiu de redação de texto dissertativo, de até 30 linhas, acerca de tema da atualidade. As provas objetivas e discursiva tiveram duração de 5 horas e foram aplicadas no turno da manhã.

Para o cargo de Delegado a composição ocorreu em duas partes, a primeira sendo de duas questões dissertativas, de até 10 linhas, valendo 10 pontos cada. A segunda foi uma peça de natureza cautelar, de até 60 linhas, no valor de 30 pontos. O conhecimento cobrado foi “Direito Penal e Direito Processual Penal”.

A prova objetiva para o cargo de Delegado teve duração de 5 horas e foi aplicada no turno da manhã. Já a prova discursiva teve duração de 4 horas e ocorreu no turno da tarde.

Prova de Capacidade Física

A prova de capacidade física, de caráter eliminatório, foi composta das seguintes avaliações:

  • flexão de braço na barra fixa (masculino) e estático de barra (feminino);
  • impulsão horizontal (masculino e feminino);
  • natação (masculino e feminino);
  • corrida de 12 minutos (masculino e feminino).

Disciplinas cobradas no concurso PC PE

Conhecimentos Gerais para o cargo de Escrivão e Agente: 

  • Português;
  • Noções de Informática;
  • Atualidades (somente para a prova discursiva).

Conhecimentos Específicos para o cargo de Escrivão e Agente: 

  • Noções de Direito Constitucional;
  • Noções de Direito Administrativo;
  • Noções de Direito Penal;
  • Noções de Direito Processual Penal.

Conhecimentos Específicos para o cargo de Delegado: 

  • Medicina Legal;
  • Criminologia;
  • Legislação Estadual;
  • Direito Penal;
  • Direito Processual Penal;
  • Legislação Penal e Processual Penal Extravagante;
  • Direito Constitucional;
  • Direito Administrativo;
  • Direito Civil e Empresarial;
  • Direito Tributário;
  • Direito Ambiental;
  • Direito Eleitoral.

Concorrência do concurso Polícia Civil PE

Ofertando 650 vagas para três diferentes cargos, o último concurso Polícia Civil PE recebeu, ao todo, 53.716 inscrições. De acordo com dados disponibilizados pela banca organizadora da época, segue abaixo uma tabela com um melhor detalhamento da demanda de cada cargo:

CARGO INSCRITOS VAGAS DEMANDA
Agente 37.783 500 75
Delegado 13.667 100 137
Escrivão 2.266 50 45
TOTAL 53.716 650 82

Convocações do concurso PC PE

Em setembro de 2017, a Secretaria de Defesa Social do Governo do Estado de Pernambuco – Polícia Civil, comunicou o aumento quantitativo de candidatos a serem convocados para realizarem o Curso de Formação da Polícia Civil (Agente, Delegado e Escrivão), ficando da seguinte forma:

CARGO ACRÉSCIMO DE CONVOCADOS
Agente de Polícia 120
Delegado de Polícia 40
Escrivão de Polícia 40

Provas e gabaritos do Concurso PC PE (2016)

Agente: Prova – Gabarito
Escrivão: Prova – Gabarito
Delegado: Prova – Gabarito Prova
  Discursiva –  Gab. Discursiva

 

EP Aprova

Notícias relacionadas

Relacionada
Concurso TJ SE: edital no final de junho; provas em outubro!

São previstas 61 vagas + CR, com iniciais até R$ 6,1 mil! Através das redes sociais, o Tribunal de Justiça do estado de Sergipe (TJ SE) anunciou que o edital de seu próximo concurso será publicado ...

Relacionada
Concurso PCPE: governo dobra número de vagas e poderá convocar até 890 candidato

O governo de Pernambuco anunciou que poderá convocar até o dobro do número de vagas inicialmente anunciadas para o concurso público da Polícia Civil. As provas para os cargos de agente e escrivão fora...

Relacionada
Rota das 11 História de Pernambuco PMPE; Baixe Conteúdo gratuito

O tão aguardardo Edital da Polícia Militar de Pernambuco foi publicado.  O concurso oferta de 2.700 vagas, sendo 2.400 vagas para a carreira de Soldado e 300 vagas para a carreira de Oficial. As va...